fbpx
Dá pra ser mãe, trabalhar fora e ter bons hábitos alimentares?

Dá pra ser mãe, trabalhar fora e ter bons hábitos alimentares?

Pergunta difícil, precisa de um post inteiro para respondê-la, mas a resposta é sim. Vamos là. Primeiro, qual a sua definição de bons “hábitos alimentares”? A minha é simples: me alimentar de forma regular, comer o menos possível de alimentos processados e o máximo possível de produtos frescos, cozinhar em casa e tentar diversificar o que meu filho e eu comemos. Isso nem sempre é possível, mas a gente segue tentando. 

🍉 🍌 🍎 

Meu filho toma café, almoça e faz o lanche da tarde na creche. Lá, todos os alimentos são bio e provenientes de um serviço de entrega de comida especializada em cardápios balanceados para crianças. Fico feliz e aliviada em saber que a alimentação dele está em boas mãos. Mas, estamos na Alemanha e aqui se come MUITOS embutidos. São dezenas de tipos de salsichas e frios, fora os patês – os chamados leberwurst. E como o Marcelinho também é alemão, tenho que levar isso em consideração na hora das compras. Por mais que eu queira, tem certas coisa que simplesmente não consigo eliminar do nosso cardápio, pois ele vive aqui e certos alimentos fazem parte do dia a dia da vida na Alemanha. Mas eu limito bastante o consumo. Por exemplo, se uma semana percebo que comemos frios demais, na próxima nem compro, incentivo as frutas  e priorizo os iogurtes. 

🍉 🍌 🍎 

Meu maior desafio é a janta: chego cansada, meu filho precisa ir pra cama cedo e nunca sei o que fazer. Estou aprendendo aos poucos a me tornar mais simples na cozinha, o que se traduz em investir em coisas rápidas e em menor quantidade de comida. Por exemplo, no Brasil na mesma refeição temos arroz, feijão, verdura , salada e uma carne. Aqui tive de aceitar que não consigo manter um cardápio assim diariamente. Não dá tempo, fora que eu tenho ganhado muita gordura na barriga, então reduzir a ingestão de alimentos à noite acabou sendo uma boa idéia. Lá em casa, à noite ou tem um arrozinho com saladinha e uma mistura, ou um bife, frango ou outra carne e uma verdura. 

Coisas que sempre funcionam, são rápidas e fáceis de fazer e as crianças amam: 

  • macarrão parafuso com abobrinha e atum 
  • ovos cozidos com as gemas temperadas com maionese, sal e coentro servido com arroz branco
  • salada caprese (tomate e mussarela), filezinho de frango e arroz
  • sanduíche de pão de forma integral com atum temperado com coentro, cebolinha, sal e um pouco de azeite
  • brócolis cozido, arroz com vagem e carne moída
  • quinoa (amo!) cozida com cenoura ou vagem e bastante alho e um bom bife.
  • batata cozida passada na manteiga com um bom omelete

São coisas simples que sempre dão certo.

Aqui na Alemanha é super comum levar marmita e eu levo a minha de casa. Além de economizar bastante (comer fora todo dia nunca sai barato no fim do mês e aqui não existe vale-refeição) eu meio que controlo assim a quantidade e o que acabo comendo. Mas claro, não sou nenhuma xiita e no meio da tarde rola sim um chocolatinho e um biscoitinho. 

Desde que voltei com 5kg a mais das férias do Brasil tenho tentado comer menos pão, o que aqui é um esforço tremendo. A Alemanha tem mais de 200 tipos de pães, acreditam? Um mais delicioso que o outro. Começo o dia com um copo de suco (minha marca favorita é a francesa Innocent), daí ao chegar ao trabalho como um iogurte com cereal, tomo meu café e lá pelas tantas uma fruta. Não faço isso todo dia. Tem dias que simplesmente quero comer um pão gostoso e não me privo. Adoro pão com manteiga!

🍉 🍌 🍎 

O fim de semana é quando aproveito para ir ao mercado, escolher as coisas com mais calma e cozinhar mais. Um hábito que quero desenvolver: cozinhar em grandes quantidades e ir estocando no freezer para usar durante a semana. Vocês fazem isso? Em quais receitas fáceis e gostosas vale investir?

Beijos!

SOBRE PL

O Passaporte voltou, sempre interagindo com seus seguidores, com dicas e informações do mundo da moda, beleza, turismo, entretenimento com um olhar de quem vive buscando o inusitado!

Desenvolvido por Digital Helper
Copyright © 2020 Passaporte do Luxo.Todos os direitos reservados.