fbpx

Tranças afro nunca saem de moda – técnicas e estilos

Trançar o cabelo nunca sai de moda. Fato. E creio que para quem está cansada do cabelo de sempre, está em transição capilar  ou não quer assumir o cabelo curtinho as tranças afro sejam uma ótima opção. Tô pensando seriamente em aderir e já até escolhi o look, esse aí da foto abaixo. As tranças afro duram até uns três meses e você não precisa lavar a cabeça todo dia. Quem já usou tranças recomenda que se use apenas xampu e nada mais, para evitar o depósito de resíduos no couro cabelo e no próprio cabelo. Além disso é bom usar toucas ou lenços de cetim para dormir, para evitar o atrito da fibra com o travesseiro, criando o friz nosso de cada dia.

Você sabia que as tranças afro datam de milênios ANTES de cristo? Pinturas em cavernas encontradas no norte da África sugerem que as tranças, além de serem uma forma de expressar moda, eram também um costume das sociedades. Um tipo de trança poderia indicar a classe social, se solteira ou casada e até mesmo a idade da mulher. Os penteados com tranças simbolizavam história, mas também eram bastante artísticos. A cultura da trança e seus significados era passada de mãe para filha, e podia variar bastante de uma tribo para outra. Tudo isso durou até o início da escravidão. Nesse período vergonhoso, muitas mulheres capturadas tinham seus cabelos raspados em uma tentativa de despi-las de suas origens e cultura, e prepara-las para a nova realidade cruel e desumana que as aguardava do outro lado do Atlântico. Você já reparou que nas novelas e séries nacionais que retratam o período da escravidão a gente quase nunca vê uma escrava com tranças? A cultura das tranças se perdeu por muitas gerações, mas não morreu. A prova disso é que ainda hoje elas existem e continuam bem populares tanto na África como fora dela. O movimento Black Power dos anos 60 trouxe de volta o orgulho negro e a não-aceitação do padrão europeu de beleza imposto.Trançar o cabelo voltou com tudo, uma forma de autoaceitação.

Tipos de tranças afro: twist, nagó, box braids. Qual a diferença entre elas? Vamos lá.

As tranças nagô são aquelas que ficam presas no couro cabeludo e podem ter formas geométricas. São embutidas e ficam SEMPRE bem arrumadinhas na cabeça. Dá pra ser bem criativa com essa técnica, pois ela permite desenhos diferenciados ao redor da cabeça. Você sabia que na África de séculos a matemática e geometria eram aplicadas à essas trança? Um cuidado: evite apertar demais, pois por ficarem presas na cabeça rente ao couro cabeludo, se muito apertadas elas podem danificar para sempre o folículos capilar, impedindo que o cabelo cresça. Já viu algumas mulheres com regiões da cabeça sem cabelo pelo uso excessivo de tranças muito apertadas?

Twists ou brandi twists na verdade não são exatamente tranças, mas rolinhos torcidos feitos com DUAS mechas (ao invés de três). O efeito é um ondulado torcido. Essa técnica possibilita o uso de outra técnica em conjunto: a aplicação de mechas – inclusive coloridas – com a ajuda de uma agulha de crochê, você pode trançar com o cabelo para trás, semelhante à técnica das tranças na nagô.

As box braids são as mais populares. Por serem tranças soltas são bastante procuradas por permitirem muita liberdade na hora de criar penteados com estilos diferentes. As tranças começam junto a raiz do cabelo, mas sem serem presas ao couro cabeludo. São aplicadas extensões sintéticas cujas cores variam de acordo com o gosto da cliente. Alguns exemplos de material sintético usado nessas tranças: lã (boa pra quem tem cabelo mais liso), kanekalon (para tranças mais grossas) e jumbo (efeito mais natural), cada um desses com suas particularidades.

Você já usou tranças? Me conta aqui os prós e contras. Eu estou pensando em colocar, e se fizer, volto aqui pra contar minha experiência.

 

Fotos 1, 2, 3: Pinterest
Foto 4 by Ezekixl Akinnewu from Pexels

0

SOBRE PL

O Passaporte voltou, sempre interagindo com seus seguidores, com dicas e informações do mundo da moda, beleza, turismo, entretenimento com um olhar de quem vive buscando o inusitado!

Desenvolvido por Digital Helper
Copyright © 2020 Passaporte do Luxo.Todos os direitos reservados.